11 junho 2017

A comida como Rito e Magia. Citação: ARMESTO, Felipe

Resultado de imagem para Theodore De Bry
Human cannibalism, engraving by Theodor de Bry

O canibalismo é um problema. Em muitos casos, a prática tem suas raízes em ritos e superstições, não na gastronomia, mas isso nem sempre ocorre. No século XVII, um dominicano francês observou que os caraíbas tinham noções extremamente bem definidas dos méritos relativos de seus inimigos. Como poderíamos esperar, os franceses eram deliciosos, de longe os melhores, o que não é nenhuma surpresa, mesmo levando-se em conta o nacionalismo. Os ingleses vinham a seguir, apraz-me dizê-lo. Os holandeses eram sem graça e indigestos, e os espanhóis tinham tantos nervos que quase não constituíam uma refeição, mesmo quando fervidos. Tudo isso soa tristemente como gula.
Patrick Leigh Fermos, 'Gluttony'¹


Hoje to com um post que, pelo menos para quem se interessa em antropologia e comida (como eu) é mais que interessante, é uma citação entre as páginas 50 a 59 do livro Comida - Uma história de  Felipe Fernandez, peguei o livro da biblioteca de onde estudo e logo pensei em publicar essa parte, falando sobre o canibalismo, e a comida em si.


26 maio 2017

Slaughtered Vomit Dolls (2006)


Diretor: Lucifer Valentine
Duração: 71 minutos
Áudio: Inglês (Sem legenda)

"Filmado de forma semidocumental, o filme que pretende ser o precursor de um novo subgênero – o vomit gore – tem como protagonista uma stripper e prostituta de 19 anos bulímica chamada Angela Aberdeen. E se concentra no estado psicológico da mesma, que passa a ter alucinações e pesadelos terríveis, onde mulheres são brutalmente torturadas e assassinadas." (FILMOW

19 maio 2017

Enter The Void - Viagem Alucinante (2009)


Soudain Le Vide (Original)
Dirigido por:  Gaspar Noé
Duração: 161 minutos
País de Origem: França
Legenda: Português


Oscar e Linda, dois irmãos que vivem atualmente em Tóquio. Ele sobrevive traficando drogas e ela como uma stripper em uma boate. Durante um ataque policial, Oscar é atingido por uma bala.(Isso logo no começo do filme) Enquanto está morrendo, seu espírito, fiel à promessa que Oscar fez à irmã de nunca desistir, se recusa a deixar o mundo dos vivos. Sua mente, então, viaja pela cidade e suas visões começam a ficar cada vez mais caóticas e apavorantes. Passado, presente e futuro se misturam em um redemoinho alucinante.

MAS, na minha opinião não foi um filme qualquer, nem clichê... Já assistir: Réquiem para um SonhoEu, Christiane F., Trainspotting: Sem Limites, Black Metal Veins, Sid & Nancy - O Amor Mata, Paraíso Artificial, (todos muito bons) mas Enter the Void é outra conversa, é um filme sensitivo ligado a reencarnações, e a própria vida humana. Assim como Requiem for a Dream, me deixou em estado fetal.
Acompanha o resumo do filme:

15 maio 2017

Nekromantik 2 (1991)



Dirigido por: Jörg Buttgereit
Duração: 102 minutos
País/Idioma: Alemanha (Legendado)


Enquanto Nekromantik 1 foca bastante no marido, apesar da mulher também ser igual ao mesmo, Nekromantik 2 foca em uma mulher, uma enfermeira chamada Monika, loira e atrativa que não sabe se gosta mais do marido ou do corpo que ela mantém em seu apartamento e tira foto com o mesmo. Entretanto ela conhece um homem (Mark) os dois ficam junto até certo momento... 

14 maio 2017

Scrapbook (2000)


Dirigido por: Eric Stanze
Duração: 95 minutos
Idioma: Inglês (Legendado)


O filme em sí é bem angustiante, já começa com sensação de medo pela vítima. Depois, a câmera mostra como se estivesse gravando de modo caseiro e, ao olhar da vítima, o garotinho, aliás o filme inteiro quis da essa impressão. Na cena mostra uma erotização da garota, mais para um assédio sexual com Leo, ao qual ela diz "vem aqui, ouça a sua irmã mais velha", mas não mostra o mesmo. E logo chega outro mais velho com uma garrafa na mão claramente alterado dizendo "eu disse para nunca foder nossa irmã" colocando a violência e a culpa contra o menino, estuprando o mesmo... Acompanhado de uma música e clima bastante triste. Então começa o roteiro com a vítima principal.

NÃO é um filme legal, NÃO é um filme divertido, pois NÃO é uma atitude certa, e tal filme infelizmente serve justamente pra retratar uma realidade cruel que ocorre com certas mulheres... Há quem diga "mas essas coisas não são teatro pra ser aplaudida, mas aí que tá, tais filmes não são aplaudidos com exceção de alguns indivíduos é claro, eles são pra colecionadores de cenas bruscas, tem gente que só vai atrás do que é difícil de se achar né, do que é "cult" "raro" "censurado" "banido" POLÊMICO hahhaha então, Confesso que sou a curiosa em pessoa.

04 abril 2015

Rotten Romance (2012)


Dirigido por:  Erik Zijlstra
Duração: 20 minutos
País de Origem: Netherlands
Legenda: Indisponível

Rotten romance, uma curta metragem gore e cruenta, mas sem substância ou história, sobre uma mulher mascarada que corta os intestinos no seu encontro às cegas, uma menina tatuada transando com o cadáver de seu pai, e um travesti que corta seu próprio pênis e enterra (hilário demais).

03 abril 2015

Little deaths (2011)


Dirigido por: Sean Hogan,  Andrew Parkinson, Simon Rumley.
Duração: 90 minutos
Países de Origem: Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte.
Idioma: Inglês (Legendado)

Em Little Deaths não há nenhum elemento, as histórias são completamente independentes, assinados por três diretores diferentes, tendo como semelhança, um forte apelo sexual, o gosto pelo bizarro, pelo sadomasoquismo e pelo trash.